AEROPORTOS DO BRASIL

Publicado: 2 de maio de 2011 em Sem categoria

As maiorias dos Aeroportos brasileiros que são administrados pela INFRAERO, estão localizados nas capitais dos estados brasileiros e são na maioria Aeroportos Internacionais, aqueles que tem capacidade para receber aeronaves de grande porte vindas do exterior. Estes Aeroportos na sua maioria estão na mira dos Estados em parceria com o Governo Federal prontos para entrarem em reformas ou mesmo serem ampliados, principalmente os que estão nas cidades que serão sedes do Mundial da Copa de 2014.

A capacidade de Operação da maioria dos Aeroportos brasileiros, estão relativamente inferior a demanda que alguns representam, seja para o volume de cargas ou de passageiros, em relação ao crescimento do país e também ao poder aquisitivo de algumas classes sociais, que passaram a utilizar do transporte aéreo. Nesta matéria estão relacionado a maioria dos aeroportos internacionais do Brasil, suas histórias, capacidades, demandas e atuais projetos de reformas e ampliação.

 Acre:

  • Aeroporto Internacional de Cruzeiro do Sul (CZS/SBCZ) – Cruzeiro do Sul
  • Aeroporto Internacional Presidente Médici (RBR/SBRB) – Rio Branco.

São os principais aeroporto do Acre, administrados pela Infraero, o aeroporto Internacional de Rio Branco está localizado na área rural do município de Rio Branco. Atende vôos domésticos, regionais, militares e internacionais, com capacidade para 270.000 passageiros por ano.

O Aeroporto Internacional de Cruzeiro do Sul está localizado a18 Kmdo centro da cidade e recebe cerca de 135.000 passageiros/ ano. Infra-estrutura: Estacionamento (92 vagas) Loja Luiz Jacinto Moreira Mota Polícia Federal Receita Federal Ministério da Agricultura Vigilância Sanitária Posto de fiscalização da Aviação Civil PFAC/DAC

Segurança:                                                                                                                                     A segurança nos aeroportos do Acre ganhou alguns investimentos apartir do segundo semestre de 2008 num acordo firmado entre o Governo do Estado, governo Federal e Polícia Federal permitiu a instalação de aparelhos de raios-X de bagagens despachadas nos aeroportos de Rio Branco e de Cruzeiro do Sul.

De acordo com a secretaria de segurança do Estado a parceria irá resultar em mais segurança e também em mais agilidade na fiscalização. Os aparelhos de raios-X foram utilizados no Rio de Janeiro durante os Jogos Pan-Americanos e estão sendo doados pela Secretaria Nacional de Segurança.

 Alagoas:

  • Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares (MCZ/SBMO) – Maceió

É o principal aeroporto  do estado de Alagoas, administrado pela Infraero, o Aeroporto de Maceió recebeu apartir do segundo semestre de 2005, um dos mais moderno sistema aeroportuario, podendo dessa forma receber em alto estilo os visitantes que vêm ao Estado conhecer suas inúmeras belezas. Do antigo aeroporto nada restou, foram construídos um novo terminal de passageiros, e o sistema de pátios e pistas foram ampliados.

Quando passar a contar com os itens de conforto, segurança e modernidade do novo terminal de passageiros, o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares estará realmente pronto para atender à chegada de novos vôos, permitindo aos passageiros acesso protegido dos desconfortos causados pelo sol ou chuva. E todo o terminal foi projetado para permitir plena acessibilidade aos portadores de necessidades especiais, utilizando rampas e banheiros adaptados.

Amapá:

  • Aeroporto Internacional de Macapá (MCP/SBMQ) – Macapá

O Aeroporto Internacional de Macapá (IATA: MCP, ICAO: SBMQ) serve a cidade de Macapá e o estado do Amapá. O aeroporto opera vôos regionais e nacionais e tem capacidade para receber aviões de médio porte como Boeings 737 e Fokkers 100. Atualmente o aeroporto é o 22º mais movimentado do Brasil.

Atualmente está sendo ampliado, subindo sua capacidade para 700 mil passageiros, e sua inauguaração prevista para fim do ano de 2011, recebe vôo diário das companhias Gol, Puma Air, Tam e Air Caraïbes com a sua nova estrutura podera receber quatro aeronaves de grande porte e oito de pequeno porte simultaneamente.

O Aeroporto Internacional de Macapá – Alberto Alcolumbre, foi projetado pelo arquiteto Michereff. O aeroporto está construído em uma área patrimonial de12.838.316 m2. A edificação do terminal de passageiros possui dois pavimentos, do tipo linear e com u ma área construída de2.913,73 m2. No pavimento térreo estão localizadas as seguintes áreas: pré-embarque (check-in), embarque doméstico e internacional, desembarque doméstico e internacional, lanchonetes, órgãos públicos e empresas aéreas. No pavimento superior, está localizado o bloco administrativo da INFRAERO, sala da receita federal e terraço.

A pista de pouso e decolagem mede 2.100m de comprimento e 45m de largura, e duas cabeceiras 08 e26. Anatureza do piso é Asfáltico sendo o seu PCN 48/F/C/X/T. O pátio principal de estacionamento de aeronaves possui uma área de 11.000m2, com pavimentação asfáltica e ilhas de concreto, com 04 posições de estacionamento, onde a maior aeronave que opera é o boing 737-800, podendo operar até aeronaves AIRBUS (A320) . A área para a aviação geral abrange10.900 m2, com capacidade para 12 aeronaves. Podendo operar até aeronaves tipo EMBRAER (E-110).

 

Amazonas:

  • Aeroporto Internacional Eduardo Gomes (MAO/SBEG) – Manaus

O Aeroporto Internacional de Manaus – Eduardo Gomes serve a cidade de Manaus e é o maior aeroporto da região norte do país. É capaz de operar sem restrições qualquer aeronave comercial ou de carga em operação no Brasil. É o aeroporto mais movimentado da Região Norte e ocupa a 5ª posição de passageiros internacionais do Brasil para os Estados Unidos, atrás de São Paulo e Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte. Ocupou por algum tempo a 3ª colocação, mas após a saída da Delta Air Lines e incremento da rota para outras cidades perdeu a posição.

Administrado desde sua inauguração pela INFRAERO,o Aeroporto Internacional Eduardo Gomes está situado a 14 km do centro da cidade de Manaus, possui pista única (10/28) para pousos e decolagem com dimensões de 2700x45m largura, além de três Terminais de Carga Aérea (TECA). O Terminal de Carga Aérea I (TECA I) foi inaugurado em 1976, juntamente com o Aeroporto, sendo destinado para movimentação de mercadorias produzidas na Zona Franca de Manaus; o Terminal de Carga Aérea II (TECA II), inaugurado em 1980, movimenta cargas de exportação e o Terminal de Carga Aérea III (TECA III) inaugurado em 2004, está dedicado ao movimento de carga de importação. Completam a estrutura de facilidades do aeroporto: seis pontes de embarque/desembarque (sendo cinco fixas e uma móvel), sete hangares, três salas de desembarque doméstico e uma de desembarque internacional, seis salas de pré-embarque doméstico e duas salas de pré-embarque internacional, dois terminais de passageiros (sendo um para aviação regular e outro para aviação regional e geral), estacionamento com vagas para 341 veículos (distribuídas em onze corredores) e nove guaritas de segurança.

Bahia:

  • Aeroporto Jorge Amado (IOS/SBIL) – Ilhéus

O Aeroporto de Ilhéus – Jorge Amado é a principal porta de entrada de turistas para a Costa do Cacau, localizado no estado da Bahia, na cidade de Ilhéus, distante 446 quilômetros da capital, Salvador. É o segundo aeroporto mais movimentado do interior do Nordeste, atrás apenas do Aeroporto de Porto Seguro, sendo assim o mais movimentado entre os administrados pela INFRAERO no interior nordestino. Conta com um pátio com 3 posições para voos comerciais e 2 portões de embarque, 6 balcões de check-in e um estacionamento para automóveis.

A história do transporte aéreo de Ilhéus é tão antiga quanto a da própria aviação comercial brasileira. Os hidroaviões da Condor e da Panair do Brasil que viajavam para o Norte do Brasil faziam escala obrigatória na cidade. Em 1939, foi construído o Aeroporto do Pontal. Na década de 1950 foi asfaltado.                                                                                                                      BRA, Cruzeiro, Nordeste, Panair, Rio-Sul, Transbrasil, VARIG, VASP e WebJet foram algumas das companhias que movimentaram passageiros do Aeroporto de Ilhéus ao resto do Brasil. Ainda movimentaram as pistas do Pontal a Bahia Taxi Aéreo e a Atlanta Taxi Aéreo, afora os aviões executivos.

  • Aeroporto Internacional Dep. Luís Eduardo Magalhães (SSA/SBSV) – Salvador

O aeroporto Internacional de Salvador SBSV Deputado Luís Eduardo Magalhães
está localizado a 28KM da cidade de Salvador  na Praça Gago Coutinho, s/n .
O Aeroporto Internacional de Salvador – Deputado Luís Eduardo Magalhães é administrado pela Infraero, é o quinto maior aeroporto do Brasil em movimento e em tamanho.                                                       É o mais movimentado aeroporto do Nordeste, responsável por mais de 30% do movimento de passageiros desta região do Brasil. Com uma média de 35 mil passageiros por dia, 350 pousos e decolagens (sendo 100 voos domésticos e 16 voos internacionais) circularam pelo aeroporto, em 2006, 5.411.932 passageiros.

Ceará:

  • Aeroporto Internacional Pinto Martins (FOR/SBFZ) – Fortaleza

O Aeroporto Internacional de Fortaleza – Pinto Martins está localizado na capital do Ceará. É o terceiro maior aeroporto do Nordeste atrás de Salvador e Recife. É o segundo aeroporto do Nordeste em passageiros internacionais, atrás apenas de Salvador. É ainda o primeiro aeroporto do Nordeste em transporte de cargas. No Brasil, o aeroporto se consolida a cada ano como o 11º maior aeroporto do país em número de passageiros.

Em 13 de maio de 1952, o aeroporto ganhou o nome de Pinto Martins, em homenagem ao cearense Euclides Pinto Martins que realizou o primeiro vôo sobre o Oceano Atlântico entre Nova Iorque e o Rio de Janeiro, no início da década de 1920, a bordo do hidroavião Sampaio Correia.

A segunda pista do Alto da Balança foi ampliada de 1.500m para 2.545m em 1963. O primeiro terminal de passageiros e o pátio de aeronaves foram construídos em 1966. A administração do Aeroporto foi transferida à INFRAERO – Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária, em 7 de janeiro de 1974 (Portaria nº 120/GM5, de 3 de dezembro de 1973), quando deu início a uma série de obras para revitalização e ampliação do complexo aeroportuário, entre elas a do pátio e a do terminal de passageiros.

Distrito Federal:

  • Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek (BSB/SBBR) – Brasília

O Aeroporto Internacional de Brasília — Presidente Juscelino Kubitschek (IATA: BSB, ICAO: SBBR) é o aeroporto que serve a capital do Brasil, Brasília. Seu nome é uma homenagem ao ex-presidente do Brasil, Juscelino Kubitschek. Atualmente, é o terceiro aeroporto mais movimentado do país, por Brasília ser a capital federal e localizada no centro do território nacional. O aeroporto possui duas pistas, um aeroshopping composto por mais de 130 lojas e 13 pontes de embarque atualmente. Em 2010, transportou 14,3 milhões de passageiros.

Brasília era apenas um projeto quando o presidente Juscelino Kubitschek pousou pela primeira vez no Planalto Central, no ano de 1956. Mas o aeroporto já existia e se chamava Vera Cruz. Construído em 1955 pelo então vice-governador de Goiás, Bernardo Sayão, a pedido do presidente da Comissão de Localização da Nova Capital Federal, Marechal José Pessoa, o aeroporto recebeu no dia 2 de outubro daquele ano a primeira comitiva para construção da nova capital.

Espírito Santo:

  • Aeroporto Eurico de Aguiar Salles (VIX/SBVT) – Vitória

O Aeroporto Eurico de Aguiar Salles/Vitória (IATA: VIX, ICAO: SBVT), também conhecido como Aeroporto de Goiabeiras. É o principal aeroporto do Estado do Espírito Santo, localiza-se na cidade de Vitória, no bairro de Goiabeiras e dista10 km do centro da cidade. Atualmente o acesso pelo aeroporto se da pela Avenida Fernando Ferrari, o sítio aeroportuario disponível é de pouco mais de 5,2 milhões de metros quadrados.

O Aeroporto Eurico de Aguiar Salles, localiza-se na parte continental da cidade é o principal aeroporto do Espírito Santo. Opera vôos nacionais e internacionais, sendo que para passageiros apenas vôos nacionais. Tem capacidade para receber aviões de médio e grande porte como, Boeings 767 Boeings 737 Embraer 190/195 e Fokkers 100. Costumam operar no aeroporto jatos executivos, helicópteros. Conta com vôos diretos e diários para os aeroportos de Congonhas (São Paulo), Guarulhos (São Paulo), Santos Dumont (Rio de Janeiro), Galeão, Confins (Belo Horizonte), Brasília, Salvador, Governador Valadares, Campinas, Curitiba, Maringá e Manaus.

É um dos 32 aeroportos da rede Infraero que conta com um terminal de cargas internacional. Em maio de 1999 entrou em operação a primeira linha internacional de cargas direto de Miami, EUA para Vitória, facilitando o trabalho de importação e exportação de mercadorias para o mercado capixaba. Hoje operam regulamente em Vitória cinco vôos semanais nesta rota.

 Goiás:

  • Aeroporto Santa Genoveva (GYN/SBGO) – Goiânia

O Aeroporto Internacional Santa Genoveva é um aeroporto localizado em Goiânia, capital do estado de Goiás, Brasil. Situa-se na região Nordeste da cidade, na praça Capitão Frazão, Setor Santa Genoveva, a 8 km de distância do centro.                                                                            Foi inaugurado em 1955, em substituição ao modesto aeroporto que até então servira Goiânia, localizado no Setor Aeroporto. Desde de 1974 é gerido pela Infraero.

Ocupa uma área de 3.967.365,04 m², possuindo uma pista de pousos e descolagens de 2.500 mde extensão e 45 mde largura – a qual comporta aeronaves de médio porte como as de classe Boeing 737, 707, Airbus A-320 e, eventualmente, Boeing 767.                                                      O seu terminal de passageiros tem capacidade para 600 mil passageiros por ano, mas, nos últimos tempos, vem servindo a uma quantidade de passageiros muito superior à sua capacidade operacional. Em 2006, por exemplo, foi utilizado por cerca de 1.400.000 passageiros[1] e em 2009 passaram pelo terminal cerca de 1.772.424 passageiros.

O Governo Estadual de Goiás, a fim de alavancar o turismo e a aviação no estado, reduziu em 80% a alíquota do ICMS sobre querosene e derivados (passando de 15% para 3%).                      Após a redução do imposto na aviação de Goiás, houve o interesse de companhias aéreas a fim de transformar o Aeroporto Santa Genoveva em hub de voos. Porém, não é viável as liberações de mais voos devido as limitações do atual terminal de passageiros.

Maranhão:

  • Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado (SLZ/SBSL) – São Luís

O Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado (IATA: SLZ, ICAO: SBSL) serve a cidade de São Luís, no estado do Maranhão. Opera vôos regionais, nacionais e internacionais e tem capacidade para receber aviões de médio porte como Boeings 727, Airbus A320 e Boeings 737. Em breve deve retornar a operar com Boeing 767 ou superiores. Este ano foi registrado o pouso de um Antonov com restrições para atender ao transporte de carga para a VALE e também recentemente no dia 26/12/2010 o vôo charter da empresa euroAtlantic operado por um Boeing 767-300ER com capacidade para 274 passageiros, trouxe para São Luís turistas de toda a Europa para passar o Reveillon na capital. O Boeing 767-300ER voltou dia 02/01/2011 para retornar com os passageiros, em um vôo direto para Lisboa.                                                                                                                                  Atualmente o terminal aeroporto passa por obras de infraestreutura, pois está com sua estrutura comprometida pelas chuvas ocorridas no início de março, o que tem desagradado muitos usuários do seu serviço por causa do desconforto decorrente das obras. Uma grande tenda foi improvisada no estacionamento do aeroporto e cumpre a função de terminal. Os passageiros passam pelo prédio da Infraero, antigo terminal, para ir de ônibus até o pátio e embarcar. A previsão é de que o terminal seja reinaugurado em 150 dias.

Mato Grosso:

  • Aeroporto Internacional Marechal Rondon (CGB/SBCY) – Várzea Grande/Cuiabá

O Aeroporto Internacional Marechal Rondon (IATA: CGB, ICAO: SBCY) é o principal aeroporto do estado brasileiro de Mato Grosso. O complexo não está situado em Cuiabá, mas sim em Várzea Grande, distante cerca de 8 km do centro da capital mato-grossense. É classificado como internacional e de segunda categoria,  sendo que movimentou mais de um milhão de passageiros em 2007.

Em seu interior, existem duas grandes obras de arte que dão um toque todo especial ao seu contexto moderno, demonstrando as belezas do Pantanal, sendo elas um quadro do pintor Irigaray, com um índio e a famosa arara azul, que foi desenhada por Daniel Dorileo para esconder a parte do Terminal que ainda será ampliada, e que acabou virando característica marcante do aeroporto.

  Mato Grosso do Sul:

  • Aeroporto Internacional de Campo Grande (CGR/SBCG) – Campo Grande

O Aeroporto Internacional de Campo Grande é um aeroporto situado na cidade de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul. Sendo uma cidade estratégica em relação á Mato Grosso do Sul, ao MERCOSUL e aos grandes centros consumidores do Brasil, Campo Grande é o mais importante pólo econômico de Mato Grosso do Sul. Destaca-se pelo crescimento organizado e planejado e no seu traçado admiram-se as avenidas largas e arborizadas

Assim como a capital sul-mato-grossense, o Aeroporto Internacional de Campo Grande vem crescendo de forma organizada e planejada desde 1953, ano de inauguração de sua pista principal. Desde 1975 é administrado pela INFRAERO, recebendo grandes benefícios em obras a partir de então e nos anos 90 ganha sua ala internacional. Tendo recebido seu primeiro milhão de passageiros em 2009, é o aeroporto mais importante de MS, pois é a porta de entrada do estado e o que oferece mais opções de vôo regionais, nacionais e internacionais. Atualmente está classificado como aeroporto internacional de segunda categoria, dispondo de todos os serviços essenciais à esta classificação, além de oferecer suporte para a Aviação Regular Regional, bem como para a Aviação Geral, sendo apoio fundamental para as operações militares e alternativa imprescindível à Aviação Internacional. A operação do aeroporto é compartilhada com a Base Aérea de Campo Grande. Está situado na Av. Duque de Caxias, á 7 km do Centro da cidade. Com área total de 10.802.318,30 m², sua latitude é de 20º28’8 s, sua longitude é de 54º40’11 w e fuso horário de UTC -4 (-3DT). A operação do Aeroporto Internacional de Campo Grande é compartilhada com a Base Aérea de Campo Grande.

Minas Gerais:

  • Aeroporto Internacional Tancredo Neves (CNF/SBCF) – Confins/Belo Horizonte

O Aeroporto Internacional Tancredo Neves, mais conhecido como Aeroporto de Confins, é o principal aeroporto do estado brasileiro de Minas Gerais. Localiza-se nos municípios de Confins e Lagoa Santa, servindo à capital, Belo Horizonte, bem como sua Região Metropolitana. O complexo possui um terminal com capacidade de atender á uma demanda de 5 milhões de passageiros/ano e sua pista tem 3000 metros de extensão, pode receber aviões de grande porte, como o Boeing 747.

O Aeroporto se localiza na Rodovia MG-10, e se localiza a 40 quilômetrosdo centro de Belo Horizonte. O Aeroporto Internacional Tancredo Neves concentra em suas instalações sistemas de avançada tecnologia, um terminal de carga aérea totalmente automatizado, pista de pouso com 3000m x 45m dotada de equipamentos para pouso de precisão e todos os demais auxílios às operações aeronáuticas.

Paraíba:

  • Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto (JPA/SBJP) – João Pessoa

O Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto localiza-se na cidade de Bayeux, Região Metropolitana de João Pessoa, no estado da Paraíba.

Distante oito quilômetros do centro de João Pessoa, seu acesso se dá através da BR-230 (região das praias) ou da Via Oeste (centro da cidade). Sua localização é privilegiada com relação a obstáculos por abranger terrenos situados em um altiplano de cotas hidrográficas em torno de65 metrose estar suficientemente afastado das áreas urbanas ou de grande expansão imobiliária.

A ocupação do solo nas imediações apresenta baixa densidade demográfica e grandes espaços vazios; os empreendimentos existentes são industriais de porte médio e as residências são do tipo casa de campo. Não há acidentes geográficos de grande porte e as edificações baixas não constituem obstáculos às operações aéreas.

Em uma área de8 947,72 metros quadrados, o atual Terminal de Passageiros dispõe de dois pavimentos, jardins e amplo estacionamento de veículos. Salas de embarque e desembarque, saguão, balcões para recebimento e entrega de bagagens, guarda-volumes, guichês para companhias aéreas, lanchonete/restaurante, box para informações turísticas, lojas, locadoras de veículos, serviços de taxi e estacionamento privativo.

O aeroporto ainda não dispõe de pontes de embarque (fingers), o que causa desconforto no transito dos passageiros até as aeronaves em dias de chuva.

Pará:

  • Aeroporto Internacional de Belém/Val de Cans (BEL/SBBE) – Belém

O Aeroporto Internacional de Belém/Val de Cans (IATA: BEL, ICAO: SBBE) é o maior e mais importante aeroporto da cidade brasileira de Belém, a qual ainda possui o Aeroporto de Belém/Brigadeiro Protásio de Oliveira. É o segundo mais movimentado aeroporto da região Norte,[1] 17º do Brasil[2] e o 179º do mundo.[carece de fontes?] Liga Belém às outras cidades do Brasil e do mundo. O aeroporto passou por uma importante reforma e ampliação em 2001, sendo que a sua estrutura foi totalmente modificada e foram investidos R$ 78 milhões. São 33 mil metros quadrados, além da sala de embarque internacional.

Há também estabelecimentos comerciais e terraço panorâmico, que funciona em um espaço climatizado, possibilitando a visualização do embarque e desembarque de passageiros sem o inconveniente da poluição sonora. São 30 balcões de check in, quatro esteiras de bagagens e sistema eletrônico informativo de vôo. Administrado pela INFRAERO, o complexo possui torre de controle, controle de aproximação e duas pistas de pouso. A segurança é preocupação constante no Aeroporto Internacional de Belém. A fiscalização foi intensificada e todos os funcionários estão atentos a qualquer atitude que possa ser considerada suspeita. Além disso, a vigilância no terminal é reforçada com câmeras de TV

  Paraná:

  • Aeroporto de Londrina (LDB/SBLO) – Londrina

O Aeroporto de Londrina/Governador José Richa é um dos maiores aeroportos domésticos do sul do Brasil, sendo o segundo maior do Estado do Paraná e o terceiro maior da Região Sul do Brasil. O aeroporto opera vôos regionais e nacionais e tem capacidade para receber aviões de médio porte como Boeings 737, Fokkers 100 e Airbus A320, embora haja registros de pousos de aeronaves modelo Boeing 757 e o widebody Douglas DC-10, que é, até agora, a maior aeronave que já operou neste aeroporto. Também é utilizado eventualmente como destino de aeronaves da Força Aérea Brasileira em treinamento.

 Pernambuco:

  • Aeroporto Internacional dos Guararapes Gilberto Freyre (REC/SBRF) – Recife

O Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre é o maior complexo aeroportuário do Nordeste em capacidade anual de passageiros , sendo o segundo terminal mais movimentado da região em voos nacionais e o terceiro em voos internacionais . Possui o maior e mais moderno sítio aeroportuário do Nordeste, conforme dados da Infraero. O terminal de passageiros atual conta com uma área de 52 000 m². Futuramente, será anexada uma área adicional de 24 000 m², proveniente do antigo terminal, o que elevará a capacidade do complexo aeroportuário para 11,2 milhões de passageiros por ano. Além disso, conta com um pátio com 26 posições para aeronaves e 11 pontes de embarque, 64 balcões de check-in e 2 120 vagas de estacionamento. Está localizado no bairro do Ibura, no Recife, capital de Pernambuco, a11 km do centro.

De acordo com a Infraero, o Aeroporto Internacional dos Guararapes possui a maior pista de pouso e decolagem do Nordeste, com 3 305 metros. Sua extensão permite a operação de grandes aviões, como o 747-400, que comporta cerca de 350 passageiros e 62 toneladas de carga. O aeroporto foi citado pela Revista TAM entre os cinco melhores do mundo junto com Madri (Barajas), Munique (Franz Josef Strauss), Cingapura (Changi) e Londres (Heathrow). Segundo a publicação, estes são aeroportos que fazem a viagem valer a pena antes mesmo do embarque.

O aeroporto já havia sido destaque na edição de setembro/outubro da revista inglesa Airports of The World, com uma reportagem de sete páginas. A matéria abordou a importância do Guararapes como hub nordestino, exaltou aspectos arquitetônicos do terminal de passageiros e opções compras e serviços à disposição dos usuários, além de divulgar o destino Recife para os leitores da publicação. O jornalista italiano Marco Finelli foi o autor da matéria que mostrou as belezas do aeroporto pernambucano em diversas fotos feitas por ele mesmo e outras assinadas por Carlos Pantaleão, profissional da Comunicação Social da Infraero. Informações sobre a publicação podem ser conferidas no site http://www.airportsworld.com.

O terminal também recebeu elogios do presidente da Infraero, que declarou sua intenção em inscrever o Aeroporto Internacional do Recife para servir como referência no Conselho Internacional de Aeroportos (ACI), entidade americana que co-relaciona e compara aeroportos internacionais pela qualidade dos serviços prestados aos passageiros.

 Piauí:

  • Aeroporto Internacional Prefeito Dr.João Silva Filho (PHB/SBPB) – Parnaíba

O Aeroporto Internacional de Parnaíba – Prefeito Dr. João Silva Filho está localizado no litoral piauense no município de Parnaíba, a 350 km de Teresina, capital do Piauí. O aeroporto opera voos regionais e nacionais além de receber voos da Europa(Internacionais). Localizado em uma área privilegiada, entre os municípios de Camocim e Jericoacoara, ambos no Ceará, o Delta do Rio Parnaíba, no Piauí, e os Lençóis Maranhenses no Maranhão, o aeroporto é a porta de entrada para uma região em que o turismo tende a crescer.

O terminal de passageiros é inspirado na arquitetura modernista do Aeroporto Santos-Dumont, no Rio de Janeiro. A pista de pouso e decolagem, com 2,5 mil metros de comprimento, está preparada para receber vôos internacionais, fretados ou regulares. A Infraero estuda agora dotar o aeroporto da mais moderna infra-estrutura aeroportuária. Nos próximos anos deverão ser realizados investimentos para melhorias no terminal de passageiros, pista, pátio de aeronaves e auxílio à navegação aérea.

Com a consolidação de mais uma porta de entrada para o Nordeste, a tendência é atrair turistas e impulsionar a economia da região. Empresas aéreas demonstraram interessem em operar rotas regulares e os operadores em atrair vôos fretados internacionais para o aeroporto.

Esta é mais uma opção na moderna infra-estrutura aeroportuária do Nordeste, que conta com 15 portas de entrada administradas pela Infraero, das quais seis são aeroportos internacionais.

 Rio de Janeiro:

  • Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro – Antônio Carlos Jobim (GIG/SBGL)Rio de Janeiro

O Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão – Antônio Carlos Jobim (IATA: GIG, ICAO: SBGL) é o maior aeroporto da cidade do Rio de Janeiro, o maior sítio aeroportuário do Brasil, sendo segundo mais movimentado no país em voos internacionais de passageiros. Localizado na ilha do Governador, Zona Norte do município, a aproximadamente 20 km do centro, é uma das principais portas de entrada para o Brasil, visto que o Rio de Janeiro é o destino mais visitado por turistas em todo Hemisfério Sul.

Com uma área de 17,88 km², recebe todos os voos internacionais e a maior parte dos nacionais que servem ao Rio de Janeiro. Possui dois terminais de passageiros (TPS1 e TPS2), com capacidade para 7 milhões e 8 milhões de passageiros, respectivamente, totalizando 171 balcões de check-in, 24 horas por dia em operação.

Dispõe de 53 posições de estacionamento para aeronaves, sendo 23 com pontes de embarque. O aeroporto ainda é servido por um dos maiores, mais modernos e bem aparelhado Terminais de Logística de Carga do continente. Trata-se do quarto terminal de cargas mais movimentado do país, responsável por 6,2% do fluxo total desta natureza nos aeroportos brasileiros em 2007. A Base Aérea do Galeão fica situada em seu perímetro.

O Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro possui a segunda maior pista de aterrissagem do Brasil (4.000 m), perdendo apenas para a Pista de Gavião Peixoto – EMBRAER, esta com 4.967 metros de comprimento, no Estado de São Paulo, tendo recebido pousos e decolagens do mítico Concorde na linha área Paris-Rio, incluindo o voo inaugural desta aeronave em 1976. Eram duas frequências semanais com uma escala em Dakar, perfazendo o trajeto em 7 horas e meia. A despedida do Concorde do Aeroporto do Galeão foi em 1982, quando a Air France cancelou este e outros voos deficitários.

O Plano Diretor do aeroporto prevê a construção de mais dois terminais de passageiros (TPS3 e TPS4) além de uma nova pista, paralela à atual 10/28, porém em menor comprimento. No dia 5 de janeiro de 1999, uma lei federal alterou a denominação do aeroporto em homenagem ao músico e compositor Antonio Carlos Jobim, falecido em 1994.

Em 29 de agosto de 2004, foram transferidos todos os voos, com exceção da Ponte aérea Rio-São Paulo e voos regionais, do Aeroporto Santos-Dumont para o Galeão,  objetivando proporcionar maior conforto aos passageiros. O Santos-Dumont, com capacidade para 2 milhões de passageiros/ano, atendia a aproximadamente 5,3 milhões, sendo que o Galeão, possuindo uma capacidade de até 15 milhões, atendia a uma demanda de apenas 5 milhões de passageiros/ano.

Rio Grande do Norte:

  • Aeroporto Internacional Augusto Severo (NAT/SBNT) – Parnamirim/Natal

O Aeroporto Internacional Augusto Severo (IATA: NAT, ICAO: SBNT) é o quarto maior aeroporto da Região Nordeste em número de passageiros e o 17º mais movimentado do Brasil. Localiza-se no município de Parnamirim e fica a 18 quilômetros de Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte, quase ao nível do mar (169 pés), com condições meteorológicas e geográficas favoráveis. É classificado como aeroporto internacional e de primeira categoria, porém já não dá mais conta da grande demanda de passageiros que recorrem ao aeroporto e atualmente se encontra saturadodevido principalmente a grande e crescente demanda de turistas que chegam a cidade. O aeroporto divide o território que ocupa com a Base Aérea de Natal (BANT). O Augusto Severo tem previsão de ser devolvido a Força Aérea Brasileira após o total funcionamento do novo Aeroporto Internacional da Grande Natal.

Rio Grande do Sul:

  • Aeroporto Internacional Salgado Filho (POA/SBPA) – Porto Alegre

O Aeroporto Internacional Salgado Filho é o aeroporto da cidade de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Possui uma área de aproximadamente 3 600 000 metros quadrados e está situado no bairro São João, zona norte da cidade. É o principal aeroporto da região Sul do Brasil, com o maior número de aeronaves e passageiros.  Atualmente o Aeroporto Internacional Salgado Filho possui dois terminais para embarque de passageiros (TPS) e um terminal de cargas (TECA). O terminal 2 (TPS2 – o mais antigo) esteve por muito tempo desativado, e foi reformado para voltar a operar. Possui capacidade de um milhão e meio de passageiros por ano. O terminal foi reaberto em dezembro de 2010, apenas para voos domésticos. Já o terminal 1 (TPS1) conta com um shopping, praça de alimentação e várias lojas, tendo sido o primeiro aeroporto do país a possuir salas de cinema (já desativadas).

  • Coordenadas: 29° 59′ 06″ S / 51° 10′ 03″ W
  • Rádio-auxílios: NDB, VOR e ILS (Cat I na pista 11)

O aeroporto é de grande importância para a Gol Linhas Aéreas, que mantém em Porto Alegre seu centro de operações (hub) para vôos para o Cone Sul, fazendo assim com que o aeroporto receba pessoas de várias partes do país em direção a Buenos Aires, Santiago, Rosário, Córdoba e Montevidéu. Para a copa de 2014, estão previstas a ampliação e alargamento da pista (ficará com3200 m x45 m), a reforma do TPS2, ampliação do pátio de aeronaves, ampliação do TPS1, construção de novo TECA ao lado do TPS1, ampliação das taxiways para otimizar as operações na pista e construção de novo prédio de estacionamento para 3,5 à 4 mil vagas, ao lado do atual e a conclusão da instslação do ILS. Para que a ampliação da pista seja realizada, é necessária a remoção da Vila Dique, próxima à cabeceira 29.

Rondônia:

  • Aeroporto Internacional Governador Jorge Teixeira (PVH/SBPV) – Porto Velho

O Aeroporto Internacional de Porto Velho — Belmont / Governador Jorge Teixeira de Oliveira é o principal complexo aeroportuário do Estado brasileiro de Rondônia. Localizado na capital Porto Velho, o terminal dista cerca de sete quilômetros do centro da cidade.

Passou a condição de aeroporto internacional em fevereiro de 2002, estando localizado a 88 metros (290 pés) de altitude. Dados de 2010, apontavam-o como o terceiro aeroporto mais movimentado da Região Norte do país e o 28º no ranking nacional (dados de Março de 2011). Com fácil acesso no bairro do Belmont, o aeroporto é servido pelas Avenidas Gov. Jorge Teixeira de Oliveira e Lauro Sodré. O complexo opera mais de 250 voos domésticos semanais pelas companhias aéreas TAM, GOL, TRIP e Avianca.

As empresas de táxi aéreo baseadas no aeroporto são: Especial Táxi Aéreo, Assis Táxi Aéreo e Rima Táxi Aéreo. Todas operam com aeronaves monomotores e multimotores de pequeno porte, que fazem voos de fretamento para toda a região. A presença da Base Aérea de Porto Velho garante uma considerável movimentação de aeronaves militares. Ônibus para o aeroporto partem do centro de uma em uma hora, e há uma cooperativa de táxi que presta serviços exclusivamente para o aeroporto.

Roraima:

  • Aeroporto Internacional de Boa Vista – Atlas Brasil (BVB/SBBV) – Boa Vista

O Aeroporto Internacional de Boa Vista – Atlas Brasil Cantanhade é um aeroporto situado no município brasileiro de Boa Vista, em Roraima, a 3,5 quilômetros do centro da capital. É o mais importante aeroporto de Roraima.

O Aeroporto desenvolve todas as atividades inerentes à Aviação Civil, nele estando instalados os escritórios de diversas empresas aéreas, hangares e terminais de carga. Acolhe os diversos serviços de apoio, tal como empresas abastecedoras de combustível. Atualmente o aeroporto está passando por uma nova reforma, com melhorias na arquitetura, modernização com implantação de elevadores, escadas rolantes, duas pontes de embarque, entre outras melhorias. Nele estão também instaladas empresas que desenvolvem as mais diversas atividades comerciais, tais como: bancos (caixas eletrônicos), loja de artesanato, agência de turismo, locadora de veículos, táxi, banca de revistas, guarda-volumes e praça de alimentação.

Possui representatividade de vários órgãos públicos com atribuições diretas junto à atividade aeroportuária e/ou preservação da ordem pública. O aeroporto opera 24 horas, com pousos e decolagens, atividades de manutenção, carga e comerciais. Com concentração de atividades entre 11:00h às 15:00h e das 23:00h às 03:00h.

Inaugurado em 19 de fevereiro de 1973, passou por uma grande reforma em 1998, tendo sido ampliados o terminal de passageiros, a pista de pouso e decolagem e o pátio de manobras – sendo construída a pista de rolamento. Desde 2007 está passando por uma nova ampliação e reforma.

Em 13 de abril de 2009, o Presidente da República Luís Inácio Lula da Silva sancionou a Lei 11.920/2009, o qual o antigo Aeroporto Internacional de Boa Vista passou a chamar-se Aeroporto Internacional de Boa Vista – Atlas Brasil Cantanhede, em homenagem ao piloto de aeronaves pioneiro no então Território Federal de Rio Branco durante a década de 1950.

Santa Catarina:

  • Aeroporto Internacional Hercílio Luz (FLN/SBFL) – Florianópolis

O Aeroporto Internacional de Florianópolis/Hercílio Luz (IATA: FLN, ICAO: SBFL), é um aerporto brasileiro, localizado na cidade de Florianópolis, no bairro de Carianos, possuindo uma área de aproximadamente 9 086 589,53 m².

A história do Aeroporto Internacional de Florianópolis – Hercílio Luz retrata os primórdios da aviação na América do Sul. O atual terminal de passageiros ficou modesto para o crescimento de Florianópolis. Por isso, será construído um novo terminal com capacidade para receber 2,7 milhões de passageiros por ano.

São Paulo:

  • Aeroporto de Congonhas/São Paulo (CGH/SBSP) – São Paulo

O Aeroporto de Congonhas/São Paulo (IATA: CGH, ICAO: SBSP) é o segundo mais movimentado aeroporto do Brasil. Está localizado na cidade de São Paulo, no bairro de Vila Congonhas, distrito do Campo Belo, distante 8 km do marco zero da cidade. Com uma área um pouco maior que 1,5 km², serve de acesso ao aeroporto a avenida Washington Luís, que tem ligação com as avenidas Vinte e Três de Maio e dos Bandeirantes

Foi inaugurado em 1936, e seu primeiro vôo teve como destino a cidade do Rio de Janeiro em um aeroplano da VASP. Seu nome deve-se à região em que se situa, a antiga Vila Congonhas, de propriedade dos descendentes de Lucas Antônio Monteiro de Barros, visconde de Congonhas do Campo, presidente da província de São Paulo durante período imperial. É o 96º Aeroporto mais movimentado do Mundo, e já foi o aeroporto com maior tráfego de passageiros do Brasil, até a ocorrência do acidente com o Vôo TAM 3054 em julho de 2007.

  •  Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos (GRU/SBGR) – Guarulhos / São Paulo

O Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos – Governador André Franco Montoro (IATA: GRU, ICAO: SBGR) (conhecido popularmente também como Aeroporto de Cumbica), é o principal e o mais movimentado aeroporto do Brasil, localizado no estado de São Paulo, na cidade de Guarulhos, no distrito de Cumbica, distante 25 quilômetros do centro de São Paulo, principal metrópole que o aeroporto serve.

Sendo o principal hub da América do Sul, Guarulhos é o maior aeroporto do Brasil e o segundo maior da América Latina em vôos internacionais, atrás apenas do Aeroporto Internacional de San Juan, em Porto Rico.  No transporte de carga, é o maior da América Latina e ocupa a 36ª posição entre os mais movimentados do mundo. Apesar destes números, é o terceiro maior aeroporto do mundo em número de vôos atrasados, segundo pesquisa realizada pela revista Forbes em janeiro de 2008.

Com uma área de 14 km², dos quais 5 km² é área urbanizada, o complexo aeroportuário conta com um sistema de acesso viário próprio. A Rodovia Helio Smidt se estende por parte do perímetro do aeroporto, tendo ligação com as rodovias Presidente Dutra (BR-116) e Ayrton Senna (SP-70).

Toda estrutura para passageiros é dividida em dois terminais (TPS1 e TPS2) com 260 balcões de check-in, onde as atividades operacionais funcionam 24 horas por dia. Operam 40 companhias aéreas nacionais e internacionais, voando para 23 países em mais de 100 cidades do Brasil e do mundo.

A El Al é a mais nova empresa a iniciar atividades no aeroporto, em 3 de maio de 2009, com freqüências para Tel Aviv. A Qatar Airways do Catar adiou a estréia de sua rota para São Paulo do primeiro semestre de 2007, para o primeiro semestre de 2008 em razão da questão de aeronaves.

No Plano Diretor do aeroporto está prevista a construção de mais dois terminais de passageiros (TPS 3 e TPS 4) e uma terceira pista adicional às duas já existes, atingindo a capacidade máxima de expansão para processamento de vôos, passageiros e carga.

Em 28 de novembro de 2001 uma lei federal alterou a denominação do aeroporto em homenagem ao ex-governador do estado de São Paulo, André Franco Montoro, falecido em 1999. No entanto, o nome oficial não é habitualmente usado pela população, que resiste e prefere se referir a ele como Aeroporto de Guarulhos ou simplesmente Cumbica, já que este era o nome da antiga base aérea militar (hoje BASP – Base Aérea de São Paulo) no mesmo local, cujo código ICAO era SBCB.

  •  Aeroporto Internacional de Viracopos-Campinas (VCP/SBKP) – Campinas

O Aeroporto Internacional de Viracopos-Campinas (IATA: VCP, ICAO: SBKP) está localizado a 20 quilômetros do centro de Campinas e a 99 quilômetros da capital paulista. O aeroporto é referência do crescimento industrial da cidade de Campinas, e movimenta primariamente o tráfego de cargas. Atualmente, representa o segundo maior terminal aéreo de cargas do país,responsável por 18,1% do movimento total de cargas nos aeroportos. Em 2007, registrou um fluxo de cargas embarcadas e desembarcadas em vôos internacionais de cerca de 228.239 toneladas. De cada três toneladas de mercadorias exportadas e importadas, uma passa pelo aeroporto. O Terminal de Logística de Carga de Importação e Exportação possui uma área de mais de 81 mil metros quadrados, com capacidade de processar até 720 mil toneladas de carga aérea por ano.

Devido a sua localização geográfica privilegiada – um dos mais importantes polos tecnológicos do país. O Aeroporto de Viracopos conta também com um completo Centro de Treinamento para os envolvidos em atividades aeroportuárias nas áreas de Carga e Security (segurança da aviação civil), além do curso de Transporte de Cargas Perigosas (DGR – Dangerous Goods), dentre outros.  Sua principal operadora é a Azul Linhas Aéreas Brasileiras que conecta Viracopos a 31 destinos e corresponde cerca de 70% dos passageiros que circulamem Viracopos. A Companhia espera conectar Viracopos a cerca de 50 destinos ainda neste ano.

Sergipe:

  • Aeroporto Internacional de Aracaju (AJU/SBAR) – Aracaju

O Aeroporto Internacional de Aracaju – Santa Maria (IATA: AJU, ICAO: SBAR) é um aeroporto brasileiro, situado na cidade de Aracaju, no estado de Sergipe. Está situado em uma área de mais de 5 milhões de metros quadrados. Diariamente, cerca de 6 mil pessoas circulam pelo terminal. Mais 900 funcionários trabalham no complexo aeroportuário para atender uma média mensal de 60 mil passageiros. Possui 36 voos diários, 18 voos chegam e 18 voos partem. O aeroporto possui operações diárias de helicópteros, transportando funcionários para as plataformas de petróleo, localizadas no litoral de Sergipe.

No dia 19 de janeiro, o Aeroporto completou 51 anos de operacionalidade. Para aprofundar os estudos sobre a história da aviação, o aeroporto possui um espaço cultural, um memorial da aviação civil e um centro de pesquisa com textos, documentos, reproduções em grandes formatos. Distante 10 kmdo centro da capital que serve, fica na região sul da cidade, muito próximo das principais praias e hotéis da capital. O aeroporto recebe nos meses de janeiro e fevereiro, vôos fretados da companhia aérea uruguaia Pluna. Além dos vôos regulares diários da TAM, GOL/VARIG, AVIANCA, TRIP, NOAR e AZUL.

Tocantins:

  • Aeroporto de Palmas (PMW/SBPJ) – Palmas

O Aeroporto de Palmas – Brigadeiro Lysias Rodrigues serve o município brasileiro de Palmas, que é a capital do estado do Tocantins. O novo Aeroporto de Palmas/TO – Brigadeiro Lysias Rodrigues, inaugurado pela Infraero em 5 de outubro de 2001 – data do 13º aniversário do Estado do Tocantins – foi batizado com o nome de Aeroporto Lysias Rodrigues em homenagem à memória do heróico desbravador da região. É o único aeroporto operado pela Infraero no Tocantins, além de também ser o único aeroporto do estado que possui vôos operados pela TAM e pela Gol, que são as duas maiores companhias aéreas do Brasil.

O sítio aeroportuário, com 23.739.952.00m² de área possibilita novos investimentos e expansão da infraestrutura existente. Com uma arquitetura peculiar, o inovador terminal de passageiros dispõe de área total construída com 12.300m² e capacidade para 370 mil passageiros/ano, com praça de alimentação para 200 pessoas, espaço cultural, 25 lojas no conceito de Aeroshopping, 12 balcões de check-in, terraço panorâmico, além do ambiente inteiramente climatizado.

O aeroporto ocupa um dos maiores sítios aeroportuários do Brasil e possui localização privilegiada.

Elaborado com a moderna concepção de comunicação visual, o novo Complexo Aeroportuário de Palmas abriga o aeroshopping, um programa desenvolvido pela Infraero com o objetivo de dotar os principais aeroportos brasileiros de verdadeiros centros comerciais com marca e identidade próprias. O terminal de passageiros possui área construída de12.300 metros quadrados e capacidade para atender até 370 mil passageiros por ano. Tem praça de alimentação, espaço cultural, lojas comerciais, terraço panorâmico, elevadores e climatização de ambiente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s