O código das rodovias

Publicado: 8 de abril de 2011 em Sem categoria

No mês de fevereiro a revista Giro das Estradas publicou uma matéria sensacional a respeito da identificação das estradas brasileiras expressa nas placas, são códigos que identifica as Rodovias que por muitas vezes motoristas que trafegam nessas Rodovias desconhecem esses detalhes.

Entenda o significado das letras e números que as identificam

Quando o motorista entra em uma rodovia, encontra placas que a identificam. Exemplos: Na Via Dutra, será BR-116; na Rodovia dos Lagos, RJ-124; na Via Anhanguera, SP-330; na Rodovia do Café, BR-376 (e BR-277 em um trecho); e SP-280 na Castello Branco.

Os motoristas costumam se referir às rodovias pelos seus nomes, afinal é uma forma muito mais fácil de identificar e lembrar. Mas então por que as estradas recebem letras e números? Porque os códigos impressos nas placas das estradas carregam diversas informações.

As rodovias federais são identificadas pela sigla BR, seguida por três algarismos. O primeiro indica a categoria da rodovia, conforme as definições estabelecidas no Plano Nacional de Viação. Os outros dois algarismos definem a posição, a partir da orientação geral da rodovia, relativamente à Capital Federal e aos limites do País (norte, sul, leste e oeste). As federais são divididas em cinco tipos (veja abaixo).

As rodovias estaduais seguem os mesmos princípios de classificação e codificação das federais, porém são subdivididas em radiais, que constituem ligação com a Capital do Estado; transversais, que ligam diversas localidades do Estado, sem passar pela Capital. As estaduais são identificadas pela sigla do estado. Exemplos: PR, Paraná; RJ, Rio de Janeiro; SP, São Paulo.

No entanto, algumas rodovias possuem dois códigos, como a paranaense Rodovia do Café, entre Curitiba e São Luís do Purunã, que é BR-277 e BR-376. O motivo é que muitas rodovias federais foram estabelecidas a partir da junção, muitas vezes forçada, de diversas outras rodovias que já existiam, ou parte delas. Então, para completar o traçado de uma via, usa-se sobrepor duas rodovias, como acontece nesse trecho da Rodovia do Café.

Toda rodovia radial tem número par. Ao transitar por ela, o veículo estará se afastando ou se aproximando da Capital. Toda rodovia transversal tem número ímpar.

Códigos decifrados nas rodovias federais

BR 000 – São as que partem da Capital Federal em direção aos extremos do País.
BR 1XX – Elas cortam o País de norte a sul.
BR 2XX – Diagonais, cortam o País de leste a oeste.
BR 3XX – Podem representar nordeste-sudeste ou noroeste-sudeste.
BR 400 – São as que partem da Capital Federal em direção aos extremos do País. 

Fonte: Revista Giro das Estradas  WWW.girodasestradas.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s